violência

Acabou o carnaval. Acabou?

* Guilherme Cardoso Acabou o carnaval! Acabou? Que nada! Tem gente bebendo e pulando pelas ruas das cidades até agora. Plena Quarta-Feira de Cinzas. Danem-se as dívidas, o trabalho e o patrão. Antigamente, não tão antigamente assim, lá pelas décadas de 50 e 60, carnaval durava somente três dias. Nada mais que isso. Era o chamado tríduo carnavalesco. Ou seja, domingo, segunda e [...]

As nossas tragédias.

É triste a gente ver e ouvir notícias de que tornados, ciclones e furacões estão devastando, destruindo e causando milhares de desabrigados e centena de mortos em diversos estados americanos. Isto causa comoção mundial. Pior tragédia acontece todos os dias na maioria das cidades brasileiras. É pouca a destruição de casas por chuvas, não há fenômenos ambientais devastadores, mas há [...]

Belo Horizonte, anos atrás…

Belo Horizonte já foi Cidade Jardim. Você sabia? Tinha árvores frondosas, ruas e avenidas eram todas arborizadas, avenida Afonso Pena era um tapete verde em nossas cabeças. Aí veio uma praga de mosquitinhos, chamados de “Amintinhas” em homenagem ao prefeito da época Amintas de Barros, que para resolver o problema mandou cortar todas as árvores. Aqui na Capital já tivemos trólebus em [...]

E depois das Olimpíadas?

Nunca se viu tanta polícia nas ruas de Belo Horizonte como agora. Talvez um pouco parecido quando dos jogos da Copa do Mundo de 2014 na Capital. Por onde se passa na cidade tem policial, a cada esquina tem três, quatro, cinco juntos, e se há um grande hotel no local, há um contingente de militares de todas as esferas nas imediações, diversas viaturas, ambulância e unidade dos bombeiros de [...]

Terrorismo inaceitável

  A polícia francesa caçou e matou os três terroristas que assassinaram covardemente 12 jornalistas na redação do jornal Charlie Hebdo. Parabéns pela rápida ação, todo o mundo civilizado aplaude. Inclusive nós, brasileiros. Afinal, ninguém pode aceitar e concordar com ações de terrorismo, onde quer que elas aconteçam. Muita gente saiu às ruas e muitos outros milhões devem [...]