festas

Acabou o carnaval. Acabou?

* Guilherme Cardoso Acabou o carnaval! Acabou? Que nada! Tem gente bebendo e pulando pelas ruas das cidades até agora. Plena Quarta-Feira de Cinzas. Danem-se as dívidas, o trabalho e o patrão. Antigamente, não tão antigamente assim, lá pelas décadas de 50 e 60, carnaval durava somente três dias. Nada mais que isso. Era o chamado tríduo carnavalesco. Ou seja, domingo, segunda e [...]

Mais lembranças: Natal de 1960

É Natal, ano de 1960.Caminho pelas ruas da cidade de Belo Horizonte olhando as vitrines das lojas. Era o programa favorito e especial das pessoas, a maioria pobres, sem muito poder de consumo. Eu era uma delas. Saio do trabalho, Casa Abreu, atual Centro Ótico, na Avenida Afonso Pena esquina de Rua São Paulo, sigo em direção à Rua da Bahia. Vejo o Banco da Lavoura na Praça Sete, esquina de [...]

Acabou o carnaval! Acabou?

Acabou o carnaval! Acabou? Que nada! Tem gente bebendo e pulando pelas ruas das cidades até agora. Plena Quarta-Feira de Cinzas. Danem-se as dívidas, o trabalho e o patrão. Antigamente, não tão antigamente assim, lá pelas décadas de 50 e 60, carnaval durava somente três dias. Nada mais que isso. Era o chamado tríduo carnavalesco. Ou seja, domingo, segunda e terça-feira. Na Quarta-feira [...]

Quarta-Feira de Cinzas

Carnaval acabou. É Quarta-Feira de Cinzas. As igrejas estão lotadas, missas pela manhã, homens e mulheres de todas as idades vão confessar com os padres, pagar  seus pecados, pedir perdão pelos excessos carnavalescos. A fila para comungar é grande, mulheres vestidas com sobriedade, nada de blusas com mangas cavadas, saias curtas e decotes, o véu branco na cabeça é obrigatório e [...]