O QUE HÁ COM O GALO?

Não dá para entender o que acontece no Atlético. Não ganha nada de importante há anos, tem um time ruim, jogadores medíocres, sem raça nenhuma, embora tenha uma torcida fanática, que apóia como poucas.

 

Comparativamente, o elenco do Atlético não é pior do que o do Flamengo, por exemplo. Individualmente, a qualidade é até a mesma. A diferença, gritante, é que os jogadores do Mengo estão correndo feitos malucos atrás da bola..Jogando pra frente. Pura garra E veja onde estão na tabela.

 

Coisas estranhas acontecem no Atlético. De muito tempo. Atletas com destaque em outros clubes, chegam no Galo e desaprendem a jogar. Esquecem tudo de repente. Até conceitos básicos de futebol. Quem não se lembra do Rodrigo Fabri? Sujeito ainda novo, com passagens em clubes de porte, como São Paulo, Atlético de Madri, Real Madri, Grêmio, Flamengo, sempre com grandes atuações e belos gols. Nos dois anos de Atlético sumiu, nada fez, uma negação. Dispensado.

 

Agora, temos o Vanderlei, contratado ao Gama de Brasília, ano passado, goleador lá, características de autêntico centro–avante, 1,87m de altura, perna comprida, que não consegue encontrar as redes há muito tempo. O que se passa com ele? Trauma de infância, drama familiar, conflito existencial, ou dúvida vocacional, não sabe o que quer ser na vida? Falta de oportunidades não é.

 

Exemplo parecido é o do jogador Tchô, esse, “prata da casa”. Foi à seleção sub-20, se destacou, voltou como uma grande promessa e cadê seu futebol? Todas as vezes que entra no time, nada faz de produtivo. Será que tem problemas também? Gostaria de saber.

 

O time hoje tem um técnico de primeira linha, com muitos títulos, temperamental e fama de durão. Um dos salários mais altos do País. Critica jogadores, não gosta muito da imprensa. Fala o que quer e não dá papo pra ninguém. Tem sido incompetente. Não melhora o time, não há padrão de jogo, faltam jogadas ensaiadas, presenças na área, chutes a gol. Vitórias são minúsculas, derrotas inesperadas, sofrimento constante.Tudo igual, repetindo anos passados e treinadores anteriores.

 

Disse o Leão recentemente, após o empate com o Paraná, que também ele não entende por que o time treina de um jeito e joga diferente. Boa pergunta. Vão duas hipóteses muito prováveis: ou os jogadores do Galo são muito ruim mesmo ou estão fazendo complô contra o técnico. Não vale a pena descobrir?

 

E o Galo, tem solução? Agora, é rezar contra a segundona. Depois, é mandar todo mundo embora.

 

  • Jornalista e torcedor da Velha Guarda do Atlético.   1 comentário 02/11/07 de Guilherme Cardoso.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*