O presente que não veio

* Guilherme Cardoso

Queria ganhar um presente,

Bem bonito no Natal passado.

Um sapato bem novinho,

O que eu tinha estava todo furado.

-x-

Aconselharam-me amigos leais,

Meu velho sapato na janela colocar.

Para que no outro dia Papai Noel,

Meu presente pudesse deixar.

-x-

Dos amigos segui o conselho,

Meu único sapato na janela coloquei.

Esperançoso na crença de criança,

Antes da meia-noite logo me deitei.

-x-

No dia seguinte levantei correndo,

Fui ver o que Papai Noel tinha deixado.

Para minha surpresa não encontrei o novo,

E o velho sapato tinha sido roubado.

  • Fato verdadeiro acontecido no Natal de 1956.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*